Ah, sexta-feira – O casado

Por

Leia o texto ouvindo:

4243_2_full

Sexta-feira, 18 horas e o expediente ainda não acabou. A semana foi cheia e tudo o que ele queria era uma cerveja gelada. Só tem café. A esposa já ligou perguntando se vai demorar, e vai. Quem disse que ser patrão é melhor? Ele altera o contrato, envia o e-mail e atende a última ligação. 21 horas, finalmente vai embora ouvindo Strokes. Pelo menos nesse horário não tem transito. Chega em casa e não ouve o barulho da tv passando a novela. É surpreendido pela esposa que sai do banho, super cheirosa, contando que falou com sua mãe. A espinha gela. Mas ela só ligou pra pegar a receita do seu pra preferido e te agradar no fim de uma semana longa. Ele senta a mesa, liga a tv na reprise do jogo do seu time e desaba no prato de risoto de camarão. Reclama do cliente chato, do funcionário folgado e da marca errada de café que comprou. Depois de ser ouvido pacientemente, ele é avisado que a fatura do cartão de crédito deve vir alta este mês. Mas antes que possa se preocupar, logo é convidado a ir deitar no quarto. Ele recebe uma longa e relaxante massagem nos pés. Casar com uma fisioterapeuta tem suas vantagens. Vira pro lado, apaga o abajur e faz uma conchinha. Hora de retribuir. O relógio vira meia noite e já é sábado. É bom aproveitar a noite, pois o almoço vai ser na casa da sogra!

 

*Trilha sonora: Ben l’Oncle Soul – Seven Nation Army

Psicóloga, apaixonada pela confusão da mente humana. Vive para comer bem e sonha em adotar todo os cachorros abandonados do mundo. Além de trazer as novidades de moda e beleza, também quer te fazer pensar sobre as coisas da vida!

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *