Culinária para amadores – Caçarola de bacalhau com batatas e Limonada Portuguesa

Por

Jantar português

 

Dia de mais janta temática em casa e hoje o tema é Portugal, então bacalhau com batatas, limonada portuguesa e vinho verde. Eu já vi receitas muito parecidas com essa com vários nomes diferentes, inclusive nome de gente, tipo gomes ou sei lá. Mas os amigos portugueses que me ensinaram chamam simplesmente de caçarola bacalhau com batatas e é assim que também vou chamar aqui.

 .

Ingredientes / Lista de compras
Bacalhau
  • 1 quilo de bacalhau salgado (não precisa ser um quilo exato, a maioria dos filés de bacalhau salgados pesam um pouco menos que isso e está ótimo)
  • 5 batatas grandes, descascadas e fatiadas
  • 3 cebolas fatiadas
  • 3/4 de xícara de azeite de oliva extra virgem (não precisa necessariamente ser azeite extra-virgem, mas já que vai cozinhar um peixe caro como bacalhau também por favor não use azeite vagabundo)
  • 2 dentes de alho moídos
  • 1 colher de sopa de salsinha cortada (ou a gosto mesmo, eu gosto com um pouco mais)
  • 1 colher de sopa de páprica
  • 3 colheres de sopa de molho de tomate (não precisa ser exato na medida, um pouco mais também fica gostoso)
Limonada Portuguesa
  • 1 Limão
  • 1 Lima
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 3 xícaras e meia de água
Vinho Verde
  • 1 garrafa de vinho verde

 .

Preparo

Bacalhau

Caçarola de bacalhau 1

1 – Antes de cozinhar é necessário dessalgar o bacalhau. Na noite anterior corte o bacalhau e deixe de molho um uma tigela com água fria e vá dormir. Pela manhã troque a água e deixe de molho novamente. Não pule essa etapa! Lembre-se que séculos atrás nem os portugueses, nem os vikings nem ninguém tinha geladeira, então eles salgavam as carnes como forma de preservá-las e garantir que nada ia crescer ali, nem bactérias, fungos nem nada.

Isso que dizer que peixe salgado vem realmente bem salgado. Na primeira vez que fiz esse prato resolvi deixar só por alguma horas de molho e no final das contas ficou salgado demais. Não ficou incomível, mas nunca mais cozinho isso sem dessalgar propriamente primeiro. Portanto não pule essa etapa, abandone o peixe na água e vá dormir.

2 – Ferva uma panela d’água e cozinhe o peixe de leve por 5 minutos, retire da água e deixe de lado.

3 – Ligue o forno em 190ºC (ou 375F).

Caçarola de bacalhau 2

4 – Numa tigela, misture o azeite de oliva, alho, salsinha (também pode ser substituído por cebolinha ou pela própria folha da cebola para quem planta em casa), páprica e o molho de tomate. Misture bem com uma colher ou batedor. Dá a impressão que rende pouco, mas é assim mesmo. Na hora de assar todos os ingredientes soltam um pouco de água e tanto o peixe como a camada de baixo da batata acabam cozinhando nela e no azeite que vai escorrer para o fundo após quente.

Caçarola de bacalhau 3

5 – Na hora de montar a caçarola (se não tiver caçarola, pode usar qualquer frigideira ou assadeira funda que dá no mesmo. Eu mesmo gosto de usar a panela de ferro fundido como a da foto abaixo) use metade das batatas para fazer a primeira camada. Espalhe o peixe (pode espalhar os pedaços um por cima dos outros, não tem problema), cubra com a cebola em rodelas e adicione um pouco do molho.

Caçarola de bacalhau 4

dica: cozinhe as batatas fatiadas por alguns minutos antes de montar a caçarola. Não ao ponto de ficarem cozidas, apenas uns 5 a 10 minutos para dar uma amaciada.

6 – Cubra com o restante da batata e o restante do molho e asse no forno já pré-aquecido por 45 minutos.

Esse tempo pode variar dependendo do forno, então não tenha vergonha, aos 45 minutos abra o forno e teste se as batatas já estão bem assadas e macias. Se não, deixe mais alguns minutos no forno. Se sim, mande para a mesa.

aviso: Você deve ter percebido que não vai sal em nenhum momento da receita. Mas lembre que o peixe já é salgado e enquanto assa ele transfere gosto para o resto dos ingredientes. Resista a tentação e não adicionem mais sal.

Caçarola de bacalhau 5

sugestão: uma adição que também fica ótima é um pouco de queijo de cabra entre as camadas de batata. Foi sugerido pela esposa e ficou ótimo. 

.

Limonada Portuguesa

Limonada portuguesa 1

Enquanto a caçarola assa, hora de preparar a limonada, que é uma bebida comum de muitos lugares mas cada um a faz de um jeito. Essa fica um pouco diferente da que estamos acostumados. Comece lavando as frutas muito bem.

Corte o limão e a lima em 8 e jogue no liquidificador. Sim, com casca e tudo.

Limonada portuguesa 2

Adicione o açúcar e duas xícaras e meia de água (ou substitua por gelo se estiver calor).

Bata em velocidade alta por uns 10 segundos. Pare nos 10 segundos, pois quanto mais você bater mais azedo vai ficar.

Penere o líquido numa jarra e devolva-o para o liquidificador.

Limonada portuguesa 3-horz

Adicione mais uma xícara de água (ou gelo), bata por mais alguns segundos e estará pronta para servir.

Dependendo de quão azedos forem o limão e a lima, pode ser necessário ajustar com um pouco mais de açúcar ou água, mas aí vai mais para gosto pessoal do que exatidão de receita. 

 .

Vinho verde

Abra a garrafa de vinho verde que você comprou e tome durante a refeição. Se o vinho for bom você possivelmente precisará de mais de uma garrafa. Se o vinho for ruim não se envergonhe, puxe outro copo e passe para a limonada.

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *