Dê um tempo para o seu cabelo

Por

Nosso último post sobre cabelo por aqui foi falando sobre a volta do corte curto e agora voltamos para abordar suas consequências e algo que acontece também em outros casos: a frustração. Da moda do cabelão comprido e liso passamos para o long bob com volume e agora estamos no bob. Aos poucos, muita gente vai aderindo a tendência, porque é bonito mesmo, porque está todo mundo usando ou porque estava precisando de uma mudança. O problema é que algumas vezes pode dar certo e outras vezes pode dar errado. Mas o que eu tenho visto é que o cabelo também acabou entrando na era do instantâneo: quero isso e quero agora!

dcef5fb8821378724a4dc201ef5bf659

Já aprendemos e estamos assimilando cada vez mais que as tendências de moda devem ser apenas uma referência e não precisamos seguir tudo. Nem toda peça do momento vai se encaixar no nosso estilo ou ficar bom no nosso tipo de corpo. Agora precisamos levar isso para parte de cabelo e maquiagem. Todas somos incrivelmente diferente, mesmo entre as parecida. E tudo deve ser levado em conta na hora de escolher uma mudança para o seu cabelo: formato do rosto, tipo de cabelo, cor, sua rotina e seus cuidados.

.

Passando essa etapa de tomar uma decisão consciente ainda existe uma fase que parece que está sendo ignorada: a adaptação. Você precisa dar um tempo para o seu cabelo e para você. Com a convivência e a rotina é que vocês vão se ajustar, como um relacionamento mesmo. Vejo meninas que tiveram o cabelo comprido desde sempre, às vezes mais de 20 anos e agora que cortaram dizem que não gostaram e tem até mais trabalho pra cuidar.

Dê um tempo para o seu cabelo

Mas calma! Foram anos do mesmo jeito, onde todas as suas ações estavam acostumadas com aquele cabelo, até seu jeito de dormir. Tem gente que dorme de cabelo preso pra dar mais volume, com trança, molhado ou até com fronha de seda pra não amassar. Sem espelho nenhum, apenas passando a mão, aposto que você já sabia se era hora de prender, se arrepiou ou se aumentou o volume. Aposto que você já sabia a altura certa de fazer o rabo de cavalo e quantas voltas precisa fazer para prender um coque. Mas agora o contexto é outro e seus hábitos aos poucos vão se entrelaçar com seu novo cabelo. Se você usava cacheado agora talvez fique melhor liso, se usava ele de lado talvez agora possa tentar usar no meio, e assim vai. Brinque, experimente e observe. Mas dê um tempo para ele!

dê tempo para o seu cabelo

Às vezes o problema não é nem o comprimento, mas sim o corte. Ele pode ser assimétrico, reto, repicado ou desfiado nas pontas, e isso faz muita diferença. Se a mudança foi um procedimento, a progressiva por exemplo, pode deixar o cabelo mais oleoso, então você vai precisar se readaptar a frequência de lavagem e também experimentar novos produtos. Se for tintura, aí sim o tempo é precioso. A cor vai mudar depois das primeiras lavagens e nem todo profissional acerta o tom perfeito de primeira. Tudo depende do seu tom natural, se já existia química e qual a cor em que quer chegar. É com os retoques e muita paciência que se chega a perfeição.

de um tempo para o seu cabelo

Então, sem pressa! Deixa seu cabelo secar ao natural um dia, no outro use secador, no outro teste a chapinha e ainda experimente o babyliss. Procure formas de prender seu novo comprimento na internet, tente grampos, presilha e elásticos. Mude o shampoo e faça uma hidratação. Aos poucos vocês vão se acertar!

Visite a gente no Pinterest e veja algumas inspirações de corte, textura e penteado 😉

27 anos de pura teimosia e compreensão. Psicóloga, apaixonada pela confusão da mente humana. Vive para comer bem e sonha em adotar todo os cachorros abandonados do mundo. Além de trazer as novidades de moda e beleza, também quer te fazer pensar sobre as coisas da vida!

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *