Filme: As Sufragistas

Por

Estou numa onda boa e por enquanto só assisti filme bom nesse começo de ano. As Sufragistas foi um deles e não teria timing mais perfeito que esse.

O filme retrata uma das campanhas das mulheres pelo direito ao sufrágio (voto em eleições políticas) no Reino Unido no inicio do século XX. Por décadas esses movimentos foram pacíficos, mas para o parlamento mulheres não possuíam equilíbrio mental para exercer julgamentos em assuntos políticos. Cansadas de serem ignoradas, violentadas e ridicularizadas, elas decidem suas que ações precisam de proporções maiores para serem ouvidas.

Tudo é mostrado através da história de Maud Watts, uma mulher jovem que trabalha em uma fábrica desde os 7 anos e leva uma vida comum com seu marido e seu filho. Maud já está acostumada a sua rotina e nem se questiona sobre ela, as coisas começam a mudar depois ouvir algumas falas das sufragistas, de presenciar abusos e perceber que não tem direito legal nenhum sobre seu filho.

Maud aos poucos vai aderindo ao movimento e se unindo a outras mulheres, mas fica muito claro o quanto isso incomoda o restante da sociedade e seu marido. Suas escolhas vão tendo consequências cada vez mais difíceis de superar, mas por acreditar em algo maior ela não desiste.

O filme não tem aquele tom dramático que filmes históricos e que retratam movimentos geralmente tem. Pelo contrário, ele é até meio frio e muito sóbrio. Mas isso não vai te poupar lágrimas. Eu chorei, me arrepiei, me frustrei, me motivei e senti raiva. É tudo muito revoltante, e aconteceu há 100 anos, e ainda lutamos por respeito e igualdade.

Ver toda a manifestação que aconteceu essa semana ao redor do mundo todo foi incrível, clamando por algo que não deveríamos precisar pedir. O timing foi perfeito, as sensações foram imensas.

Eu diria que todos deveriam assistir esse filme, tanto mulheres, quanto homens, jovens, idosos.. todo ser humano. As atuações e a fotografia são incríveis. As reflexões que ficam, são melhores ainda.

  • FILME: As Sufragistas
  • ROTEIRO: Abi Morgan
  • DIREÇÃO: Sarah Gavron
  • PAÍS: Reino Unido
  • DURAÇÃO: 1h46m
27 anos de pura teimosia e compreensão. Psicóloga, apaixonada pela confusão da mente humana. Vive para comer bem e sonha em adotar todo os cachorros abandonados do mundo. Além de trazer as novidades de moda e beleza, também quer te fazer pensar sobre as coisas da vida!

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *