As desculpas que nunca são ditas

Por

As palavrinhas mágicas que aprendemos quando pequenos parece que vão caindo no esquecimento depois que crescemos. O "bom dia", "obrigado" e "por favor" agora dependem do nosso humor. A "desculpa" já não é mais dita quando erramos. Tudo se tornou muito relativo. Deixamos para ser gentil com o outro apenas se ele for conosco, e o ...

Segunda de primeira #51

Por

Aqui você encontra links legais, notícias para pensar e vídeos interessantes pra fazer sua segunda-feira melhor e começar bem a semana =) Autoconhecimento: conheça seu corpo.   E se os relacionamentos já viessem com um prazo de validade?   https://www.youtube.com/watch?v=IpdIMrxiBWA Sobre aceitar a tristeza.   A importância de manter contato com antigos amigos.   Você não está tão ocupado quanto diz que está.   https://www.youtube.com/watch?v=zKmWd8DPrEc Música da semana: ...

O que você leva dos outros?

Por

Sempre levamos um pouquinho daqueles com quem passamos mais tempo. Sempre. Às vezes levamos um pouquinho até da senhora que puxou papo na fila do banco. Levamos os valores da nossa família, os costumes dos nossos pais e as manias dos nossos irmãos. Isso a gente não escolhe, é fruto da convivência e acaba marcando ...

Filme: Já estou com saudades

Por

Drew Barrymore e Toni Collette (a cara da Uma Thurman) protagonizam a história de duas melhores amigas. Já Estou Com Saudades tem tudo para ser apenas mais um filme sobre amizade, mas tem um outro tema super importante também. Jess e Milly se conhecem na época da escola ainda meninas, se unem e passam a se ...

É hora de parar!

Por

[audio mp3="http://sutilezafeminina.com.br/wp-content/uploads/2016/01/Zara-Larsson-Lush-Life.mp3"] Esperança, perseverança e determinação. Dizem que é preciso disso e mais um pouco para conquistar o que sonhamos. E isso tudo é importante sim, mas ninguém nos fala sobre o momento de parar. Lutar pelo o que queremos é o que nos move e o que nos faz levantar todos os dias da cama, mas ...

Síndrome dos aniversariantes de Janeiro

Por

Tudo começa ainda na infância. Todos os seus coleguinhas fazem suas festinhas. Você canta parabéns, se delicia com o bolo, inveja os pratinhos dos seus desenhos favoritos e imagina como vai ser quando for a sua. Mas esse dia nunca chega. Seus coleguinhas nunca cantam parabéns pra você. A oportunidade de poder escolher a cor ...